Este livro narra como um projeto concebido por Milton Nascimento, Márcio Borges e Sérvulo Siqueira em 1974 se transformou em um documentário que somente foi concluído por um de seus criadores 44 anos depois das imagens terem sido registradas.
 

O documentário filmou o show Milagre dos Peixes, apresentado e gravado ao vivo por Milton Nascimento no Teatro Municipal de São Paulo com o conjunto Som Imaginário e uma orquestra sinfônica regida por Paulo Moura.
 

Ao longo de todo esse tempo, o filme teve seis edições e foi exibido como complemento de películas estrangeiras nos cinemas do Brasil de 1979 a 1984 e em mostras e festivais no país e no exterior, mas somente alcançou a sua finalização depois de um laborioso trabalho de oito anos de edição.
 

Após preservar em sons e imagens este que foi um dos mais importantes espetáculos de uma das eras de ouro da Música Popular Brasileira, Sérvulo Siqueira – um dos remanescentes do projeto – se propôs narrar a história deste filme que ficou perdido por mais de cinco anos em um dos laboratórios do país, assim como as infrutíferas tentativas que realizou visando uma remasterização do negativo e sua exibição comercial nas salas de cinemas do Brasil.
 

Valendo-se de sua condição de pesquisador e antigo crítico de cinema, o Autor trata também das dificuldades impostas ao filme nacional independente para sua exibição nas grandes telas e faz um histórico dos espaços alternativos, dos antigos cineclubes da década de 1970 às tevês a cabo e aos centros culturais dos dias de hoje.